A Pressa é Inimiga da Dieta Eficiente

Por: em 21 de novembro de 2012 - comente

A vida de quem vive a prática de dietas não é nada fácil. Não bastassem as inúmeras tentações a todo instante, ainda pesa contra as loucuras da vida moderna marcada por atividades diversas que deixam o tempo cada vez mais escasso e os fastfoods que dominam o cenário da alimentação. Nesse contexto, estamos, todos, sempre correndo, sempre com pressa, o que é desastroso, também para quem deseja fazer dieta, pois se "a pressa é inimiga da perfeição" quando falamos de atividades do dia-a-dia, também é verdade se o assunto é a dieta. Então, como um pilar da vida saudável é a reeducação alimentar que tanto temos defendido aqui no blog, esse princípio mas que nunca se aplica à prática das dietas, para que tragam resultados satisfatórios. Ou seja, na dieta, não adianta se desesperar e querer apressar o processo de emagrecimento, pois a pressa é inimiga da dieta eficiente.

Compreendido isso, que tal, então, identificarmos alguns erros de quem tem pressa para emagrecer e nessa pressa acabam boicotando a própria dieta?

  • Dieta demasiadamente restrita: de nada adianta de uma hora para outra mudar radicalmente seu cardápio, eliminando tudo que possa significar altas calorias e passar a comer só folhagens. Um ponto fundamental de qualquer dieta é praticar o equilíbrio. Ou seja, o que você precisa é de uma alimentação balanceada, capaz de suprir todas as necessidades de nutrientes do seu organismo;
  • Comer "correndo": claro que falamos de comer rápido. O problema aqui é que você não dará tempo para o cérebro processar que está se alimentando, e portanto, o mesmo não terá tempo hábil para registrar a sensação de saciedade, e ai, você vai comer além da necessidade. Outro ponto importante, é que comendo rápido, você não fará o processo de mastigação corretamente e assim, prejudicará todo o processo digestivo;
  • Longos período sem comer: cortar refeições para para perder peso, não ajuda, muito pelo contrário. O seu organismo vai economizar energia e gastará menos energias e nas próximas refeições guardará mais calorias e você terá o resultado inverso do que deseja;
  • Eliminar os carboidratos: esse procedimento pode fazê-lo ter uma perda imediata, mas a contrapartida será fadiga excessiva, falta de energia para atividades de rotina, queda de cabelo, enfraquecimento das unhas e um mau humor incrível, sem contar que o resultado é momentâneo, já que não conseguirá sustentar essa condição por muito tempo, e logo voltará à condição original.

O que fazer então?

O segredo é encarar um processo de reeducação alimentar, aliado a atividades físicas adequadas à sua condição física e de saúde, com foco na vida saudável e não a pura e simples perda de peso.

Vamos se desafiar a um novo estilo de vida?

Deixe uma resposta

Código