Algas marinhas, aliadas do bem estar físico

Por: em 20 de agosto de 2013 - comente

Algas marinhas são alimentos que dão a sensação de saciedade sem engordar. São ricas em fibras com uma quantidade bem pequena de calorias. Estudos recentes mostram a ação das algas marinhas na diminuição do colesterol e na prevenção da pressão alta. Além disso, têm comprovado resultado no tratamento de diversas doenças como: bronquite, reumatismo, problemas no aparelho genital entre outras. E outro benefício das algas marinhas para a saúde, é ação antibiótica que purifica o sangue, eliminando tudo que é prejudicial da má alimentação.

Na culinária oriental as algas marinhas são bastante utilizadas, a mais conhecida é a nori, muito usada no sushi. E essa pode ser consumida, também, na salada em sopas e comida como petisco. Incluídas na rotina alimentar, as algas marinhas podem elevar a oxigenação e propiciar um resultado benéfico sobre as glândulas, artérias, coração, rins, útero, ovários e testículos. E proporcionam, ainda, uma alta disposição que ajuda na saúde vital.

Para as mulheres que estão no período da menopausa incluir as algas marinhas no cardápio é fundamental, pois essas contêm o magnésio que ajuda na restauração do padrão normal de sono das mulheres e podem até aliviar o desconforto do calor sentido.

As algas marinhas mais comuns utilizadas para consumo:

Algas Wakame: uomum em frituras, sopas e saladas.

Algas Nori: usada no conhecido sushi japonês.

Algas Ágar-Ágar: usada no preparo de sobremesas de gelatina, geléias e compotas e molhos.

Os países que mais consomem algas são a China, Coréia e Japão, outros países têm adotado as algas marinhas no cardápio por causa da diversidade de propriedades vitais para a saúde existentes nessas plantas.

Deixe uma resposta

Código