Combatendo a obesidade com reeducação alimentar

Por: em 25 de julho de 2012 - comente

Sabe-se que a obesidade já é considerada uma epidemia no mundo inteiro. No Brasil, o número de pessoas com sobrepeso ou obesidade cresce cada vez mais, atingindo não somente os adultos, mas também as crianças. Baseada nesta informação, vários especialistas de saúde alertam sobre os perigos causados pela obesidade e sobre a importância de obter novos hábitos alimentares, sempre dando ênfase à combinação entre dieta e exercícios. Pensando no bem estar dos nossos leitores, falaremos sobre a reeducação alimentar, sugerindo algumas dicas, diariamente, para ter uma vida mais saudável e, consequentemente, para manter a boa forma.

A primeira dica é realize 5 ou 6 refeições ao dia em pequenas quantidades.

Não adianta se alimentar somente nas refeições principais e durante o dia ficar beliscando alimentos indevidos ou na próxima refeição comer tudo o que não tinha comido antes. O correto é: alimentar-se de três em três horas.

Assim, observe:

  • O café da manhã é a refeição mais importante do dia, pois uma alimentação saudável pela manhã equilibra o organismo e limita a compulsão por alimentos gordurosos. Dê preferência aos cereais porque são ricos em fibras, demoram para ser digeridos e mantém o metabolismo acelerado.
  • O lanche matinal ajuda a não ficar com tanta fome para o almoço, digamos que seja para “disfarçar a fome”, ou seja, evita para que na hora do almoço não sejam ingeridos alimentos com a quantia maior do que a necessária.
  • O almoço deverá ser equilibrado com verduras, legumes, vegetais, carboidratos e proteínas, dando maior preferência aos alimentos naturais.
  • Para o lanche da tarde, é interessante dar preferência às frutas, mas há outros alimentos que podem ser utilizados, como por exemplo: uma barra de cereal, leite desnatado com bolachas de água e sal, entre outros alimentos saudáveis.
  • Não é adequado comer a mesma quantia que foi durante o almoço à noite. Os nutricionistas sugerem que o jantar deve ser leve, normalmente é indicada a metade da quantia consumida no almoço, mas depende do costume de cada um.

É importante lembrar que para se estabelecer um processo de reeducação alimentar, as refeições deverão ser efetuadas em um curto período de tempo, assim o metabolismo trabalhará constantemente e o efeito da saciedade durará por mais tempo.

Para saber mais, continue acompanhando o blog que teremos outras dicas para que você consiga ter bom êxito no seu processo de reeducação alimentar.

Deixe uma resposta

Código