Doenças de pele podem estar associadas à obesidade

Por: em 25 de março de 2013 - comente

O aparecimento de doenças como diabetes, osteoporose, hipertensão, câncer, trombose e colesterol alto estão associadas ao excesso de peso, no caso de pessoas obesas. Mas outros problemas também podem aparecer devido ao excesso de gordura no corpo, como os problemas de pele. Cabelos e unhas também podem ser prejudicados pela falta de hábitos saudáveis. Mas, antes de falar dos problemas de pele comuns às pessoas com excesso de peso, é importante destacar que qualquer pessoa com 20% a mais do peso ideal já é considerada obesa, e esse aumento de peso certamente vai interferir na pele.

Primeiramente, o excesso de peso atrapalha o transporte de hormônios, o que leva a aumentos e diminuições em importantes hormônios sexuais do corpo. Isso já é suficiente para causar aumento na oleosidade da pele, surgimento de espinhas (acne) e até mesmo um aumento na quantidade de pelos. As micoses também são comuns nas áreas de dobras da pele em pessoas acima do peso, pois o excesso da pele pode causar um ambiente úmido e abafado, ideal para a proliferação de fungos.

O acúmulo da gordura pode desencadear também as famosas e indesejáveis estrias, já que as fibras da estrutura da pele são rompidas. Isso é muito comum nos antebraços, coxas, barriga e nas mamas, tanto em homens como mulheres. É comum ainda o aparecimento de lesões como verrugas nas regiões de maior atrito da pele, como axilas, pescoço, coxas e virilha. Essas verrugas são facilmente tratadas por um dermatologista, mas podem gerar desconforto e constrangimento ao paciente, se não tratadas.

É comum que pessoas obesas percebam ainda problemas com os cabelos e isso se deve sim ao excesso de peso, já que a alimentação rica em gordura leva a aumento nos níveis de colesterol, produção de glândulas sebáceas e excesso de oleosidade no couro cabeludo. Muitas vezes, por onde o cabelo cresce (também chamado de folículo pelos dermatologistas) fica selado, ou entupido, pela oleosidade e isso ocasiona um encarceramento do cabelo. Por esse motivo, a calvície, ou queda de cabelo, pode ser agravada pelo excesso de gordura.

Todos os problemas acima, e outros como as celulites, podem ser tratados por dermatologistas. Cabelos, unhas e pele são afetados sim pela gordura do corpo, então, além de procurar um médico, é vital que o tratamento inclua a perda de peso e hábitos saudáveis no dia a dia.

Deixe uma resposta

Código