Livre-se do cigarro!

Por: em 08 de julho de 2013 - comente

São diversos os males que o cigarro pode causar no organismo do fumante, e até quem convive com quem fuma (fumantes passivo), pode desenvolver doenças ligadas ao cigarro. Mais de 4.500 substâncias tóxicas estão inclusas no cigarro, dentre as quais 43 comprovadamente cancerígenas. E a nicotina, uma das substancias presentes no cigarro, é uma droga muito viciante que causa dependência química e psicológica.

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), o tabagismo é responsável por mais 120.000 mortes por ano. Apesar dos danos que pode causar, o cigarro é comercializado legalmente no país, e um dos motivos principais é o lucro pelos impostos arrecadados.

A fumaça tragada provoca alterações no funcionamento do organismo. "A fumaça do cigarro é absorvida por combustão, o que aumenta ainda mais os males da sua composição", diz Valéria Cunha de Oliveira, técnica da divisão de tabagismo do Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Rio de Janeiro. 

Algumas doenças provocadas pelo cigarro:

→ Infarto do miocárdio;

→ Bronquite crônica;

→ Câncer pulmonar, laringe, esôfago, estômago, pâncreas, bexiga, rim, faringe, colo de útero, reto, intestino e próstata;

→ Acidente vascular cerebral;

 Diabetes;

→ Catarata.

Cinco atitudes para abandonar o cigarro

→ 1° Motivação pessoal;

→ 2° Estabelecer uma data especifica;

→ 3° Procurar ajuda de um profissional;

→ 4° Tomar remédios para passar pela Síndrome de Abstinência da melhor forma possível.

E o cigarro além de desenvolver diversas doenças para os fumantes, ainda é responsável pelo envelhecimento precoce, com rugas em média 20 anos mais cedo que não fumantes.


Deixe uma resposta

Código