O Bullying contra as Crianças Obesas

Por: em 06 de julho de 2011 - 4 comentários

Para introduzir esse assunto muito polêmico, vou explicar exatamente o que é o BullyingBullying vem da palavra em inglês “Bully” que traduzindo para o português é o mesmo que “Valentão“,   Esse é o termo que a sociedade utiliza para descrever os atos de violência física ou psicológica que um ou vários indivíduos  praticam constantemente contra uma minoria.

A última pesquisa realizada pela Universidade de Michigan (EUA), apontou que Crianças Obesas têm 60% a mais de chances de sofrer Bullying.  Sem dúvida esse é um assunto muito delicado, tendo em vista que muitas crianças que sofrem com a Obesidade, é devido à problemas de saúde.

Infelizmente as escolas ainda não tem projetos reais contra essa triste prática. Então dificilmente alguém pode evitar que uma criança sofra o Bullying, independente do motivo.  O que podemos fazer é evitar que a criança carregue esses traumas consigo.

Como proceder para evitar que a criança sofra as consequências do Bullying?

No caso da  Obesidade Infantil, o primeiro passo é levá-la  para fazer o tratamento adequado com um especialista em Obesidade Infantil. Pois antes mesmo do Bullying entrar em cena, a Obesidade em si compromete toda a saúde de uma criança, não proporcionando a ela uma vida normal.

Bom, sabemos que os tratamentos para Obesidade não fazem ninguém perder peso da noite para o dia. Por isso, enquanto a criança tiver que conviver com o excesso de peso, converse muito com ela a respeito do Bullying,  deixe muito claro o que é, como funciona, e que é uma fase passageira. Deixe claro para a criança que o motivo que ela precisa emagrecer é por causa da saúde, e não por não ser aceita entre os coleguinhas. Ensinea a agir com naturalidade e esportividade diante das piadas.

Mantenha sempre contato com os professores do seu filho(a) para saber o comportamento e a interação dele(a) com os colegas. Isso é muito importante, pois muitas crianças optam por esconder o problema o que pode acarretar ainda mais danos para  saúde mental da criança.

Converse também com os responsáveis pela escola,  sobre a possível introdução de um projeto de concientização entre as crianças contra o Bullying.

Caso exista sinais de Bullying com agressão física, procure a instituição de ensino e os pais dos colegas agressores. Tente resolver o problema sem precisar trocar a criança de escola. A maioria das crianças que praticam o Bullying não sabem certamente o que estão fazendo, e facilmente pais e escola encontram uma solução para o problema. Quanto mais rápido for identificada a situação, menores os transtornos e futuros traumas, tanto para quem sofre quanto para quem pratica o Bullying.

Se a criança sofre ou sofreu com o Bullying sem conseguir levar uma vida normal, procure imediatamente um psicólogo para tratar do problema para não deixar que venha a virar um trauma insuperável.

Se o seu filho(a) esta acima do peso e ainda não é acompanhado por um profissional, não perca mais tempo e marque urgentemente uma consulta. Obesidade é um assunto sério e o tratamento ainda na infância, faz toda a diferença entre uma vida saudável e uma vida repleta de doenças e preconceitos! Qual a sua opção? Faça do seu filho um adulto saudável no futuro

 

Deixe uma resposta

Código

4 Comentários em “O Bullying contra as Crianças Obesas”

  1. muito bom esse site para fazer trabalho de escola com o tema bullying na obesidade

  2. tenho uma filha com 05 anos que  sofre de bullyng  no colegio ela  tem 32 kilos  entantanto ela nao queria nem frenquentar mais   o colegio entao tomei a frente de organizar uma palestra sobre  bullyn  deixo esse depoimento  meu nome  e francine da silva  sou mae de jenefer da silva rosa  

  3. esse texto poderia ter mais informaçoes

  4. Concordo com você na minha escola estamos falando sobre isso e inclusive tenho um trabalho sobre isso e espero que me ajude :]