Cirurgia Plástica junto com o Bypass Intestinal e Pontos Importantes que Você precisa saber sobre a Técnica

Por: em 05 de julho de 2011 - 11 comentários

Olá amigos do Obesidade Controlada!

 

Nessa última sexta feira dia 01/07/2011, tive a oportunidade de tirar algumas dúvidas com pacientes que foram operados pelo Dr. Paulo Reis, um Cirurgião Geral renomado que atende em Brasília e Goiânia. E vou dividir com vocês pontos que são pouco divulgados mas de total importância.

Fazer ou não Cirurgia Plástica junto com o Bypass Intestinal:

 

Alguns pacientes optam por fazer a Cirurgia Plástica no ato da cirurgia de Bypass Intestinal, porém os pacientes entrevistados alegaram que o Dr Paulo Reis não faz  e não aconselha a Cirurgia Plástica com o Bypass Intestinal porque aumentam-se os riscos de trombose, sangramento, infecçao e etc. Além disso a Cirurgia Plástica, nesse caso, retarda a recuperação do paciente no pós operatório. O Dr Paulo Reis ressalta durante a consulta que a “Cirurgia para emagrecer no primeiro momento não visa estética e sim a saúde do paciente. Somente após o paciente emagrecer e controlar suas doenças é que ele deverá se preocupar com estética e procurar um profissional habilitado para resolver seus problemas.”

Durante a consulta o Dr Paulo Reis mostra os benefícios para o paciente de não fazer a Cirurgia Plástica junto com o Bypass Intestinal. E várias pessoas que já passaram pela técnica também alegam que  podem andar logo após a cirurgia (assim que passa o efeito da anestesia) e logo podem ir para casa. Com isto o paciente corre menos risco de sofrer uma embolia pulmonar e possibilita uma recuperaçao mais rápida do paciente com menor tempo de internação.” Disse um dos entrevistados que foi advertido pelo Dr Paulo Reis

 

Outro ponto importante é saber que para ter sucesso com a Técnica a  longo prazo, o paciente deve aproveitar a cirurgia para reeducar seus Hábitos Alimentares.

 

A  Obesidade é uma doença que não tem cura. O Bypass Intestinal, bem como qualquer outro tratamento para Obesidade, tem como finalidade a tentativa de controlar essa doença. O Dr Paulo Reis deixou claro a esses pacientes que o médico não pode prometer milagres aos pacientes e sim conscientizá-los de que se não houver mudança nos hábitos alimentares (o que não quer dizer se privar de comer tudo que gosta, você ainda poderá variar o cardápio), e aderir a atividades fisicas, nenhum tratamento para Obesidade terá sucesso a longo prazo. “O Dr Paulo Reis deixa tudo isso muito claro para o paciente antes de operar”, concordaram todos os entrevistados.

Fora que Bons Hábitos Alimentares e a prática regular de exercícios físicos, não só fazem bem para sua Saúde Física, como fazem verdadeiros milagres para sua saúde mental,  sua memória, seu o humor, para a disposição do dia-a-dia no trabalho, com a família e amigos, fazem toda a diferença e te possibilitam uma excelente Qualidade de Vida! Então um dos melhores conselhos que posso dar hoje é:

“Não espere fazer uma cirurgia para mudar sua rotina alimentar e sair do sedentarismo, esse é o primeiro passo para viver bem consigo mesmo”

Ranna Carla

Deixe uma resposta

Código

11 Comentários em “Cirurgia Plástica junto com o Bypass Intestinal e Pontos Importantes que Você precisa saber sobre a Técnica”

  1. edna silva couto diz:

    tenho 42 anos 1,65 e peso 83,00 l]kilos posso fazer a cirugia de bypass

  2. Bom dia,

    No domingo que passou dia 28/08, assisti pela primeira vez esta programa! E assisti uma entrevista com a Vick, que me chamou bastante a atenção desta tecnica do dr.Lazzarotti BY PASS de cirurgia sem CIRURGIA. Como pode? Sabemos que não existe nenhuma cura!Apenas um controle alimentar.
    E na entrevista não mostrou, este milagre !
    Apenas a Vick comendo muito doce, o entrevistar repetindo varias vezes a mesma coisa.
    Poderiam tirar esta duvida?

    Grata

    • SOLANGE – Querida é o seguinte: Primeiramente gostaria de esclarecer que a entrevista referida é levada ao ar por responsabilidade de um outro blog que é o obesidade em foco. Aqui divulgamos a mesma cirurgia, mas com um visão um pouco diferente. Mas conheço o programa no qual citou. O que acontece quando falam cirurgia sem cirurgia na verdade é cirurgia para emagrecer sem tocar no estômago, porque é cirurgia sim de qualquer jeito. O que acontece que faz apenas um desvio no intestino, onde a pessoa emagrece alimentando-se normalmente. O que dr Paulo Reis deixa bem claro para seus pacientes que a cirurgia oferece uma vida normal, ou seja o que é normal? Comer as 6 refeições diárias, com uso de frutas, legumes, muita água, sem vômitos, sem dumping, não perdemos o prazer de comer. Agora a questão dos doces não é bom que se cometa um exagero, porque nenhuma cirurgia permite isso, como você mesma mencionou este milagre não existe. Aqui no blog existe um vídeo explicativo sobre o que muda no seu corpo com o desvio do intestino. Espero ter ajudado.

  3. Eu não consigo te add. Se eles puderem conversar comigo passe o meu email para eles, por favor.

  4. Conhece alguma pessoa que já realizou esta cirurgia para cura do diabetes? Se conhecer me dê o seu email para que eu possa tirar algumas dúvidas. Obrigado.

  5. Esta cirurgia é indicada para o diabetes?

    • JACKELINE – Sim amiga essa cirurgia é indicada para o controle e talvez até a cura do diabetes. Agora quanto a email para repassarmos precisamos da autorização prévia da pessoa portanto add meu contato que estarei conversando com alguns pacientes para ver se permitem lhe passar os seus emails, o meu é drikabypass.moldarecorpus@hotmail.com.

  6. Qual seria a melhor cirurgia? quais são os critérios usados pelos médicos para definirem isso?

    • JAQUELINE – Amiga esses critérios só podem ser avaliados pelos próprios pacientes. Porque cada médico defende aquilo que ele acredita. Vou te falar especificamente do dr Paulo Reis que é o médico que conheço melhor e admiro ele porque ele tem seu critério de trabalho. Vou exemplificar: Dr Paulo operou alguns anos com cirurgia de redução de estômago, com o passar do tempo conheceu o by pass intestinal e concluiu que essa cirurgia é melhor que redução de estômago e a partir do momento que começou a trabalhar com ela não fez mais outro tipo de cirurgia, e acredita tanto na cirurgia que se submeteu a ela. No ato da cirurgia o criador da técnica defende uma plástica abdominal junto com a cirurgia. Dr Paulo ponderou todos prós e contras que isso poderia acarretar para o paciente que eliminou esse procedimento junto com o by pass e mesmo sendo criticado por muitos por cauda disso ele tem tanta convicção disso que na sua cirurgia ele não fez plástica abdominal junto não, tem sua cicatriz acima do umbigo igual a todos nós pacientes. Tudo isso me leva a dar crédito para esse profissional. Mas se você for em um médico que faz uma redução de estômago ele vai defender o seu trabalho com os seus argumentos. Dai cabe a nós pacientes fazermos as nossas escolhas, ver a qualidade de vida dos pacientes operados, a transparência de conduta de cada profissional, limitações e vantagens de cada cirurgia. Entendo você não é fácil mesmo essa decisão. Mas caminhe por todos os blogs conheça pacientes e que Deus ilumine sua decisão. Abraços…