Por que estamos tão gordos?

Por: em 23 de março de 2012 - comente

 

Estamos vivendo nos “tempos modernos” onde tudo tem que ser rápido e dinâmico. As informações são passadas e repassadas com uma velocidade incrível. Qualquer informação que for procurada na internet com certeza irá aparecer diversos resultados, e por curiosidade, uma das pesquisas mais feitas na internet (pelo menos aqui no Brasil) é sobre obesidade. Pessoas estão procurando saber a todo o momento um pouco mais sobre esse assunto. Mas mesmo com tantos estudos publicados na rede, continuamos a engordar. O número de obesos no Brasil vem crescendo a cada dia, e isso é um dado bastante preocupante, pois com tanta informação que nos é passado, não somente na internet, mas na televisão revistas e outros meios de comunicação, as pessoas não conseguem enxergar que estão colocando sua saúde em risco. Inúmeras reportagens são feitas mostrando o perigo de alimentos gordurosos, frituras, fast food e o excesso de doce.

Muitas pessoas colocam a culpa de serem obesos na falta de tempo, por comerem sempre fora de casa e acabar optando por comer em lugares onde o atendimento é rápido e a comida é feita de forma mais rápida ainda. Porém, não percebem que isso acaba virando um hábito, que por sinal não é dos melhores que alguém deveria seguir. A falta de tempo para comer durante a semana já virou uma desculpa, mas aos finais de semana e feriados a situação já é outra. Durante essa “folga” temos tempo para fazermos uma refeição mais saudável, e daí vem a outra desculpa, “é final de semana, e final de semana é feito pra relaxar” e muitas pessoas acabam relacionando o tempo para descanso com “desleixar” na alimentação. Mas durante a semana já estouramos a cota dos alimentos “fast food”, doces e frituras! Limites devem ser impostos em nossa alimentação! 

O que está acontecendo com o Brasileiro?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 300 milhões de pessoas em todo mundo está acima do peso, e há pelo menos 70 milhões de Brasileiros obesos. E para deixar claro a obesidade, que já é considerada pelos médicos como uma doença, atinge todas as classes sociais. Estudos revelam que a obesidade mata 80 mil pessoas todos os anos no Brasil e se tornou a terceira doença nutricional do País.

O cuidado com a alimentação começa em casa, e pelo que tudo indica a boa alimentação não está sendo passada de pai pra filho. Mas isso não é uma surpresa. Não é possível manter uma alimentação balanceada para as crianças se os pais não dão esse exemplo. A criança aprende e quer imitar o que o adulto faz, se a pai come sanduíche, a criança também vai querer comer e isso é absolutamente normal, cabe aos pais e responsáveis tomarem a atitude de criarem um plano de reeducação alimentar e passarem para nossas crianças. Se os hábitos dos Brasileiros continuarem tão decadentes, em um futuro próximo a quantidade de obesos no Brasil provavelmente irá aumentar assustadoramente. 

Deixe uma resposta

Código